Em Macapá, 160 estudantes participam de Jogos Paradesportivos Escolares nesta terça-feira (31)

Evento incentiva a inclusão de pessoas com deficiência através da prática de atividades físicas

0 5

Nesta terça-feira (31), cerca de 160 estudantes da rede municipal de ensino participam da 1ª Edição dos Jogos Paradesportivos Escolares, promovido pela Prefeitura de Macapá para a inclusão de crianças com deficiência física ou intelectual. O campeonato inicia às 8h, no clube da Associação Atlética Banco do Brasil (AABB).

Dentre os inscritos, estão alunos com idade a partir dos 7 anos de 26 escolas da capital, que irão competir nas modalidades de vôlei sentado, atletismo, bocha olímpica e natação adaptada. Todos os participantes terão direito a uniformes, alimentação, transporte e premiação.

Durante a execução das modalidades, os atletas também terão o auxílio de instrutores, que foram previamente capacitados para o evento.

“Essa é uma realização em parceria para a prática de atividade física por nossos alunos com necessidades especiais. Estamos iniciando esse incentivo que vai proporcionar saúde, bem estar e espírito esportivo em nossas crianças”. É importante que toda a sociedade apoie essa iniciativa”, frisou o coordenador municipal de Esporte e Lazer (Comel), Marlon Ferreira.

O torneio é uma realização da Comel, em parceria com as secretarias municipais de Educação (Semed) e de Saúde (Semsa).

Incentivo ao paradesporto
Em 2021, a Prefeitura de Macapá investiu no paradesporto na capital, com a criação do Comitê Paralímpico e Paradesportivo Municipal, que incentiva e apoia atletas com qualquer deficiência, seja motora, visual, física, auditiva ou cerebral.

O Município promoveu ainda o 1° Festival Paralímpico de Macapá, na Praça Barão do Rio Branco. O torneio contou modalidades como goalball, futebol de amputados e o basquete em cadeira de rodas.

Em dezembro, foi parceiro do Festival Paralimpico Loterias Caixa, promovido pelo Comitê Paralímpico Brasileiro (CPB). A ação fez parte de uma mobilização nacional e aconteceu simultaneamente em todo o país.

Comentários
Carregando...