‘Estava na loja e a equipe de saúde chamou para vacinar’, diz comerciante durante vacinação itinerante em Macapá

Na quinta-feira (31) as equipes de Saúde permanecem com a van itinerante na zona norte da capital

0 10

A vacinação itinerante contra a Covid-19, executada pela Prefeitura de Macapá, faz parte das estratégias efetivas do município para ampliação do público vacinável, assim como, completar o esquema vacinal de muitos cidadãos que deixaram de ir em busca do imunizante.

A falta de tempo dificultou a busca por proteção do coronavírus da comerciante Raiza Poliana Martins, que estava com atraso de dois meses no recebimento da 3ª dose da vacina.

“Estava na loja e a equipe de saúde chamou para vacinar. Para quem não tem tempo e até mesmo condições de ir até uma UBS [Unidade Básica de Saúde], ter acesso a vacina próximo do ambiente de trabalho facilita bastante. Fazia dois meses de atraso para minha dose e finalmente deu certo”, destaca.

O irmão do músico Aluízio Mendes Batista avisou da vacina itinerante no bairro São Lázaro. Ele aproveitou o final da tarde para completar o ciclo de imunização.

“Já era para ter tomado antes, mas a gente acaba deixando para depois. Hoje meu irmão ligou falando da ação perto de casa. Vim me proteger e ainda chamei dois amigos que moram perto para aproveitar”, comenta.

Na quinta-feira (31) as equipes de saúde permanecem com a van itinerante na zona norte de Macapá, na praça localizada na entrada da rodovia do Curiaú. Para recebimento de qualquer dose contra Covid-19, basta apresentar o documento oficial com foto e cartão de vacina. A vacinação neste ponto acontece de 17h às 20h.

Comentários
Carregando...