Mais de 300 ribeirinhos do Bailique recebem serviços de saúde da Prefeitura de Macapá

Mutirão inciou segunda-feira (18) e segue nesta terça-feira (19) com entrega de água mineral e cestas básicas

0 12

Um a um, homens, mulheres e crianças chegavam à Unidade Básica de Saúde (UBS) Manoelzinho, no distrito do Bailique, um arquipélago cercado pelo Rio Amazonas, para participar do mutirão de saúde promovido pela Prefeitura de Macapá durante dois dias.

Andando pelas pontes, ou mesmo chegando em pequenas embarcações, centenas de ribeirinhos de várias comunidades próximas aproveitaram a segunda-feira (18) para fazer exames, consultas e atualizar a caderneta de vacinação.

Moradores da comunidade de Vila Progresso foram os primeiros a receber os serviços. A estudante Samira Miranda, de 18 anos, trouxe a pequena Kelly Samia, de dois meses, para fazer os testes da linguinha e orelhinha. A triagem nos recém-nascidos é fundamental para detectar limitações futuras como língua presa e perda auditiva.

“Se não fosse pela ação a gente teria que fazer esses exames em Macapá e teríamos que gastar dinheiro e tempo, pois a viagem é longa e cansativa. Mas, com a consulta feita na nossa comunidade conseguimos economizar e já saímos daqui com o exame nas mãos”, contou a jovem, enquanto comemorava a saúde da filha.

Recém-nascidos puderam fazer o teste da orelhinha e da linguinha na UBS Manoelzinho | Foto: Ewerton França/PMM

A adolescente Railana Pastana, de 16 anos, acompanhava o irmão para vacinar, mas aproveitou e fez uma avaliação odontológica. E mesmo sem estar sentindo nenhum sintoma, conta que sempre participa desses mutirões para manter a saúde em dia.

“Procuro participar de todas as ações da Prefeitura na comunidade e aproveito para fazer exames e me consultar para ver se está tudo bem com a minha saúde. Trouxe meu irmão para tomar vacina e resolvi fazer uma avaliação com o dentista”, disse.

Secretária municipal de Saúde, Erica Aymoré, também é pediatra e fez questão de atender as crianças | Foto: Ewerton França/PMM

A Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) também ofertou consulta com cardiologista, pediatra e clínico geral. Além de exames laboratoriais, testes para Infecção Sexual Transmissível (IST) e Covid-19, serviços odontológicos e imunização com a primeira, segunda, terceira e quarta dose da vacina contra o coronavírus e Influenza.

No primeiro dia de ação, foram atendidas mais de 300 pessoas. A secretária municipal de Saúde, Erica Aymoré, que também é pediatra, realizou várias consultas para as crianças da região.

“A Semsa está mais perto da população e desde janeiro já realizamos uma série de atendimentos nas comunidades e distritos de Macapá. A ideia é tornar essas ações rotineiras para que a população que vive mais longe da capital tenha acesso aos serviços com rapidez”, destacou.

Para enfrentar cerca de 200 quilômetros de barco, da capital até o arquipélago, numa viagem que leva, em média, 12 horas, as equipes da Prefeitura embarcaram nas primeiras horas de segunda-feira, com mais de 6 mil fardos de água mineral, 200 cestas básicas, além de insumos, vacinas e profissionais da Saúde, Assistência Social e Mobilização Popular.

O mutirão da Prefeitura de Macapá segue nesta terça-feira (19) na região, quando será feita a aplicação da vacina tríplice viral em outras comunidades. O alvo serão as crianças em idade escolar. Além disso, a população receberá água mineral e cestas básicas.

Investimentos
Com cerca de oito mil habitantes, Bailique reúne oito ilhas e mais de 50 comunidades. Os moradores enfrentam desafios como a salinização da água e o fenômeno das terras caídas. A comunidade vive da agricultura familiar, pesca, e o plantio de açaizeiros.

O distrito vem recebendo vários investimentos da gestão municipal. Em dezembro de 2021, o prefeito Dr. Furlan entregou a UBS Manoelzinho. A unidade, que leva o nome do atendente hospitalar Manoel Queiroz Barbosa, é uma homenagem ao morador que morreu aos 53 anos de idade. A obra teve recursos do Ministério da Saúde enviados pelo senador Davi Alcolumbre no valor de R$ 1,2 milhão e contrapartida municipal de R$ 386 mil.

UBS Manoelzinho foi inaugurada em dezembro de 2021 | Foto: Ewerton França/PMM

Em março, a Prefeitura anunciou a construção de 700 metros de passarela em madeira na comunidade Igarapé Carneiro, que dará segurança para 102 famílias que vivem no local. Orçada em R$ 490 mil, a obra conta com recursos enviados em 2019 pela então deputada federal, Janete Capiberibe (PSB), mais contrapartida municipal.

Outro investimento para este ano, é a reforma do barco Comandante Abemor Coutinho, que será utilizado para o escoamento da produção agrícola. Vila Progresso, Buritizal, Liberdade e Arraiol são algumas das comunidade que devem receber o suporte do transporte fluvial, que vai atender ribeirinhos e trabalhadores do setor produtivo, fomentando a venda de legumes, hortaliças, mel, açaí, melancia, banana, entre outros produtos da região.

Comentários
Carregando...