Prefeitura de Macapá cria núcleo voltado ao combate da discriminação racial

Núcleo terá dois polos de atendimento, no Improir e na Unifap

0 9

Como forma de combater os casos de discriminação racial na capital, a Prefeitura de Macapá criará um núcleo voltado ao combate e suporte às vítimas desta prática. A iniciativa será executada pelo Instituto Municipal de Políticas de Promoção da Igualdade Racial (Improir) e o lançamento acontecerá nesta segunda-feira (21), às 9h, na sede da Prefeitura.

O núcleo terá duas unidades, uma no Improir, para acolher vítimas de discriminação, injúria racial e racismo. No local também será feita a coleta de depoimentos das vítimas, que serão encaminhadas para os órgãos competentes e para acompanhamento psicológico. O outro polo será instalado na Clínica de Direitos Humanos da Universidade Federal do Amapá (Unifap).

Para a diretora-presidente do Improir, Maria Carolina Monteiro, é importante que o município tenha um local voltado a denúncia de casos e acolhimento das vítimas para que elas tenham a garantia dos direitos e da dignidade.

“O núcleo vem para cumprir um dos objetivos da Prefeitura de Macapá, que é o combater o racismo estrutural. Com isso vamos diminuir as desigualdades sociorraciais que ainda colocam a população negra macapaense em lugar de desvantagem em diversas instâncias”, diz.

O lançamento do núcleo será marcado pela palestra ‘Racismo Virtual – Crimes de ódio praticados na Web’, que acontecerá às 16h no Sebrae, na sala Ferreira Gomes. O tema será debatido pelo delegado da Polícia Civil do Amapá, Neuton Júnior, pelo conselheiro da Ordem dos Advogados do Brasil Seccional Amapá (OAB-AP), Aluizo Carvalho, e pela professora adjunta no curso de Direito da Unifap, Linara Oeiras.

Comentários
Carregando...