Reforma da Escola Municipal Antônio Barbosa terá construção de vestiários para atender mais de 200 alunos

Unidade está localizada no bairro Santa Inês e obra foi orçada em quase R$ 700 mil

0 74

Localizada no bairro Santa Inês, a Escola Municipal de Ensino Fundamental Antônio Barbosa atende 223 alunos do 1º ao 5º ano. A unidade é uma das 20 escolas que a Prefeitura de Macapá está reformando por meio do Programa de Saúde e Assistência ao Cidadão (Probem – Educação). Quase R$ 700 mil foram investidos apenas nessa instituição.

A escola passará por pintura interna e externa, troca de telhado, reforma dos refeitórios, banheiros e adequação dos blocos administrativos. A reforma prevê ainda a construção de vestiários e um jardim na entrada.

Rosângela Monteiro é mãe da estudante Jordana, do 1º ano, e escolheu a escola para que a filha desse os primeiros passos na vida escolar.

“É o primeiro ano dela na escola Antônio Barbosa. No início ela não queria vir, não gostou do espaço. Mas vendo as obras, se animou porque imaginou a pintura do prédio”, conta.

Rosângela e a filha Jordana estão animadas com a reforma da escola | Foto: Hevila Samire/PMM

A obra está orçada em R$ 692.875,48, com verbas do tesouro municipal e do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb).

Para secretária escolar Zelina Lima, que trabalha na Emef há 21 anos, é fundamental este tipo de cuidado. Ela destaca que os alunos terão um ambiente adequado para o estudo.

“Estamos com muita expectativa para o retorno dos estudantes, que vão se deparar com uma escola revitalizada”, comenta.

Zelina Lima, secretária escolar da Emef Antônio Barbosa | Foto: Hevila Samire/PMM

Além de melhorar as condições da comunidade escolar, as obras executadas pela Prefeitura de Macapá proporcionam emprego e renda. José Batista, de 56 anos, um dos trabalhadores na reforma, conta que estava há oito anos sem ser contratado.

“Pela minha idade é difícil conseguir um emprego. Foram oito anos desempregado. Sou autônomo, não consigo me aposentar e sem essa oportunidade eu não teria como me sustentar”, afirma.

Formato das aulas
Durante o período da reforma, as aulas na Emef Antônio Barbosa estão ocorrendo de forma remota. Quando as obras concluírem, será realizado um programa de recuperação de aprendizagem. A iniciativa vem identificar se houve algum prejuízo no primeiro bimestre.

Antes de trabalhar na obra da escola, José Batista estava há oito anos desempregado | Foto: Hevila Samire/PMM

*Estagiários sob orientação da Secretaria Municipal de Educação.

Comentários
Carregando...